Call Center: aumente o engajamento do seu time com a gamificação | fSense

Call Center: aumente o engajamento do seu time com a gamificação

Você sabia que o trabalho em call center é um dos trabalhos mais estressantes da atualidade? Por isso, investir na gamificação pode transformar a rotina de trabalho cansativa e desgastante em algo mais lúdico e divertido, além de deixar o engajamento da equipe e a produtividade lá em cima.

Hoje, empresas de vários segmentos têm adotado práticas pautadas em jogos no ambiente de trabalho para promover a interação, manter a motivação dos times e para  alcançar melhores resultados.

E é exatamente por isso, que o setor de atendimento ao cliente também tem utilizado a gamificação como estratégia para melhorar o engajamento e a produtividade dos colaboradores.

Por que utilizar a gamificação no call center?

Incorporar jogos no ambiente de trabalho é uma excelente forma de  estabelecer bons relacionamentos, estimular o trabalho em equipe e promover a troca de experiências e ideias. Além de aumentar a produtividade, os jogos são uma maneira divertida de incentivar o trabalho em equipe e a competição saudável.

Sem contar que existem várias outras vantagens em utilizar os jogos no ambiente de trabalho. Quer ver?

  • Facilita a cultura de trabalho colaborativa e motivada;
  • Ajuda na solução ágil de problemas e na tomada de decisões;
  • Promove uma comunicação responsiva e significativa;
  • Afasta os colaboradores do trabalho habitual, ajudando-os a usar a criatividade e a pensar fora da caixa;
  • Cria uma atmosfera para aumentar a produtividade;
  • Aumenta a autoestima dos colaboradores, pois eles sentem que a empresa e os colegas estão interessados ​​em conhecê-los e desenvolvê-los;
  • Aumenta a retenção e diminui o turnover;
  • E mais uma longa lista de vantagens.

Viu como a gamificação pode aumentar a produtividade e diminuir os gaps do call center? Que tal acompanhar sua equipe, monitorar atividades e engajar seus colaboradores?

Comece hoje mesmo, conheça o fSense. Você tem 15 dias de free trial, em até 10 estações de trabalho. Fale com a gente e confira nossos planos.

Como o RH pode estimular o engajamento e a produtividade na empresa

Como o RH pode estimular o engajamento e a produtividade na empresa

Realizar ações para melhorar o engajamento e produção dos colaboradores, pode ser uma tarefa bastante difícil para um profissional de RH. Esse é um dos objetivos internos de grande parte das empresas e, ainda assim, pode ser considerado um desafio quando colocado em prática. Hoje vamos falar um pouco sobre como o RH pode fazer para estimular o engajamento e a produtividade na empresa para obter o sucesso na gestão e, consequentemente, nos resultados da empresa como um todo. Continue a leitura com a gente!

Por que o engajamento e produtividade na empresa são fatores tão importantes?

Possuir uma equipe engajada, disposta a se dedicar, se envolver e a produzir mais e melhor, contribui diretamente para o crescimento de uma empresa. Quando os colaboradores se sentem motivados, satisfeitos em suas funções e se identificam com os valores da empresa, eles irão se comprometer automaticamente e, assim, se tornarão profissionais que buscam melhorar cada vez mais.

É uma via de mão dupla em que o colaborador almeja a melhoria constante, atuando em uma empresa que oferece oportunidades e chances de crescimento.

Um colabora com o outro e ambos crescem juntos! Mas você, como responsável pelo setor de RH da sua empresa, pode estar se perguntando: como posso melhorar e estimular ainda mais esses dois aspectos e aplicar na minha equipe na prática? A gente te dá uma mãozinha com algumas dicas que podem fazer toda diferença na sua gestão. Vamos falar mais sobre elas?

LEIA TAMBÉM: Planejamento 2021: coloque a gestão de produtividade em pauta!

Alinhamento de valores: empresa x funcionário

Uma das formas de fortalecer o vínculo de um funcionário com a empresa, é estabelecendo um alinhamento de valores em comum.

Esse tipo de posicionamento não consta em um contrato oficial, porém é importante que seja desenvolvido com uma aproximação emocional do colaborador com a empresa, para que o engajamento e a produtividade possam começar a florescer no ambiente de trabalho.

Desenvolvendo esse elo é possível contar com uma postura mais dinâmica por parte do funcionário, que acaba trabalhando de forma mais proativa, otimista e desempenhando suas tarefas com excelência.

Crie espaço para as oportunidades e plano de carreira

O engajamento e a produtividade de um colaborador também dependem de como ele se sente dentro da empresa, como executa suas habilidades e quais são suas chances de crescimento propostas ali. Por exemplo, um funcionário que tem a oportunidade de utilizar suas habilidades e é estimulado a aperfeiçoá-las, será um colaborador mais envolvido e disposto. Ao contrário disso, ele se sentirá desvalorizado e sem perspectivas de crescimento, o que poderá resultar em um desgaste e uma desmotivação que não serão positivos na hora de desempenhar sua função.

É essencial, então, que a empresa deixe claras as oportunidades oferecidas e converse sobre o plano de carreira. Faça uma análise junto ao colaborador e realize questionamentos como: o atual cargo destaca seus pontos fortes? E suas habilidades? Estão sendo valorizadas no que ele faz? Pra qual direção sua carreira está tomando?

Faça um mapeamento dentro da companhia e apoie as metas para que haja uma promoção, por exemplo. Dar atenção a esse tipo de detalhe, faz toda diferença e motiva o funcionário a buscar melhorias em seu desempenho profissional.

Ouvidoria: escute o que o seu funcionário tem a dizer

Uma empresa que oferece atendimento ao público interno, com certeza sai na frente das outras. O diálogo é cada vez mais valorizado e melhora o desempenho das funções dos colaboradores. Para isso, a criação de uma Ouvidoria para escutar o que os colaboradores têm a dizer, pode ser um grande diferencial. Quando um funcionário sente que a empresa está disposta a escutá-lo e se preocupa com suas necessidades e eventuais problemas, ele se sente acolhido, valorizado e que pode contar com a organização.

Além disso, o setor de ouvidoria também pode conter um espaço voltado especialmente para casos mais graves, como denúncias ou abusos, por exemplo.

Aplique a cultura de feedback

Além do espaço para a Ouvidoria, é importante investir na aplicação do feedback com a sua equipe. Sendo aplicada de maneira correta, essa prática ajuda o colaborador a andar lado a lado da empresa, a entender como está sendo seu desempenho e quais pontos devem ser melhorados. Isso gera transparência e otimiza o relacionamento entre a organização e cada funcionário, melhorando, assim, seu desempenho, produtividade e engajamento.

Recompensas são sempre bem-vindas

Trabalhadores que são recompensados pelo seu desempenho, se sentem valorizados e percebem que seu esforço foi reconhecido, ficam mais satisfeitos e se dedicam mais ao trabalho. A valorização do trabalho bem feito é um fator-chave e pode estimular seu funcionário a se empenhar ainda mais.

Para isso, é importante agradecer regularmente pelos seus esforços, criar recompensas, premiações, gamificação ou até mesmo simples elogios no dia a dia. Tudo isso ajuda o colaborador a impulsionar sua performance no trabalho.

Você também pode separar um tempo para comemorar metas atingidas e entregas de sucesso, ou um happy hour semanal para estreitar o relacionamento. Não é preciso fazer celebrações extravagantes para fazer com que os funcionários entendam que estão sendo reconhecidos pela organização.

Pessoas: centro da cultura empresarial

A empresa precisa entender que, as pessoas que fazem tudo funcionar, são o patrimônio do empreendimento. A organização deve colher os benefícios de uma equipe engajada e isso pode significar entender que o funcionário possui uma vida pessoal lá fora. Por isso, a empresa deve incentivar seu time a equilibrar o trabalho e os momentos de lazer. Tente considerar iniciativas que permitam que os funcionários equilibrem sua vida fora do escritório de forma mais leve e fácil — permitindo flexibilidade de horários ou aplicando o tão falado home office, por exemplo.

Mostre que a empresa valoriza esse equilíbrio e faça com que todos sejam ouvidos, propondo um ambiente de trabalho mais agradável, feito de pessoas. Isso ajuda muito na hora de melhorar o engajamento e a produtividade na empresa.

SAIBA MAIS: Cultura de feedback: home office também pode se beneficiar dessa mindset!

Aplique as dicas e acompanhe a produtividade do seu time de perto

Viu só como é possível aplicar ações práticas que estimulem o engajamento e a produtividade do seu time no dia a dia?

Colocando todas essas dicas em prática, você pode precisar de uma ferramenta para monitorar o resultado dessa produtividade. E é aí, que a plataforma do fSense entra como sua melhor aliada! Com ela você consegue acompanhar o uso das máquinas em tempo real, avaliar os resultados, gaps e rendimento de seu time, em um só lugar.

Tudo isso facilita na hora de saber se as suas ações estão sendo aplicadas e gerando resultados de fato. Não é ótimo?

Mas não para por aí! O melhor de tudo isso é que você pode experimentar a ferramenta do fSense por 14 dias grátis, com instalação em até 10 máquinas.

Planejamento 2021: coloque a gestão de produtividade em pauta! | fSense

Planejamento 2021: coloque a gestão de produtividade em pauta!

Fim de ano nas empresas sempre é repleto de indicações do que acontecerá no ano seguinte. No entanto, é preciso que todas as ações estejam organizadas e alinhadas para atingir os objetivos da empresa. Está na hora de começar o planejamento 2021.

A função do planejamento é orientar as ações antecipadamente com a visualização de todo o processo. Com a continuidade das atividades determinada e detalhada.

2020 foi um ano repleto de desafios e mudanças repentinas, não é mesmo? A pandemia do novo coronavírus foi o grande evento que mudou nossa rotina de trabalho e exigiu muitas adaptações num curto período de tempo. O home office se tornou a regra para muitas empresas.

É normal que mudanças sejam feitas no trajeto. Mas temos certeza que as empresas que possuíam um planejamento estruturado conseguiram adaptar suas ações e organizar seu rumo com muito mais facilidade.

Seu planejamento para o ano que vem deve prever também estratégias para a produtividade do seu time. Quer entender melhor o que considerar? Vem com a gente!

O que seu planejamento 2021 de gestão de produtividade precisa ter

Para começar 2021 com o pé direito, é preciso fazer um planejamento completo, detalhando o maior número de tópicos. Veja algumas das nossas dicas:

Descreva o cenário atual

Apresentar o cenário atual é importante para identificar como está funcionando atualmente. Assim, fica mais fácil determinar o porquê das ações que serão detalhadas no planejamento, além de servirem de comparativo ao longo do ano.

Pense em separar em listas: o que necessita ser mantido, o que deve ser melhorado, o que precisa ser mudado e o que tem que ser excluído.

LEIA TAMBÉM: Comunicação síncrona x comunicação assíncrona – entenda a diferença e como aproveitar mais no dia a dia do seu time!

Estabeleça um cronograma de ações

Agora é hora de montar um cronograma, listando todas ações que devem ser realizadas ao longo do ano.

Coloque o período de duração, as pessoas envolvidas e o objetivo. Adeque a realidade da sua empresa e inclua as atividades planejadas focadas na produtividade do seu time.

Não esqueça do endomarketing

Funcionários motivados são mais produtivos. Parece que é óbvio, mas é o que muitas pesquisas mostram, como um estudo da Universidade da Califórnia.

Por isso, o endomarketing é uma área fundamental para continuar motivando e engajando o seu time.

No seu planejamento, aproveite datas comemorativas, aniversários e eventos como happy hour com certa frequência. Assim, sempre haverá atividades para sair da rotina do trabalho e aproximar o seu time.

Estabeleça metas reais

As metas são muitos importantes para incentivar o crescimento do negócio e da sua equipe. No entanto, é importante estabelecer objetivos realistas e atingíveis.

Se as metas são muito altas e o funcionário, mesmo se dedicando bastante, não consegue atingi-las, isso o deixará desmotivado. Portanto, é melhor trabalhar com objetivos que desafiem sua equipe, mas que ainda estejam dentro da sua capacidade. Trabalhe em conjunto com seu time para alcançar os propósitos.

Gere feedbacks construtivos

Sempre falamos aqui no blog sobre a importância dos feedbacks. É uma ferramenta de gestão extremamente útil, mas que acaba gerando resultados negativos quando o gestor ou RH não aplica corretamente.

O seu colaborador precisa sentir e saber o que acontece ao seu redor. Quando a empresa transmite os sinais para que ele possa crescer e se desenvolver como profissional, ele entende como tudo funciona, o que pode melhorar, mudar, como pode evoluir dali pra frente.

Por isso, seja claro, empático, reforce pontos positivos e seja propositivo para sanar os pontos negativos em conjunto.

Utilize plataformas para apoiar a sua gestão de produtividade

A tecnologia deve ser sua aliada para facilitar a gestão de produtividade do seu time. Essas métricas são muito importantes, tanto para acompanhar o colaborador quanto para garantir o caminho rumo às metas atingidas.

Por isso, apresente para os seus colaboradores informações para ajudar no processo de melhoria contínua. Incentive-os a aceitar esses dados para auxiliar no seu crescimento profissional.

CONHEÇA: 5 práticas de metodologias ágeis para apoiar a gestão de equipes

O fSense é a ferramenta ideal para acompanhar a produtividade do seu time

Para ter métricas reais sobre a produtividade do seu time, fSense é a ferramenta que você precisa! Com essa plataforma, você pode acompanhar o uso das máquinas em tempo real e avaliar quais são os principais gaps no rendimento do seu time.

Com relatórios completos, o fSense facilita o trabalho do gestor na hora de dar feedbacks, entender os desafios do seu time e embasar a tomada de decisão.

Quer experimentar agora? Aproveite 14 dias de teste gratuito! Instale em até 10 máquinas.

Produtividade no call center: 5 dicas para acompanhar e estimular o rendimento dos seus times

Produtividade no call center: 5 dicas para acompanhar e estimular o rendimento dos seus times

Em qualquer empresa, a produtividade é um fator que sempre merece uma atenção especial. No entanto, existem diversas particularidades a cada tipo de atuação, não é mesmo? Isso também se aplica à produtividade no call center.

Os profissionais de call center ou contact center lidam com uma rotina de trabalho dinâmica e que pode gerar muito estresse. Por isso, os gestores devem atuar para estimular a produtividade, motivar os colaboradores e melhorar o clima organizacional.

Neste artigo, sintetizamos 5 dicas para acompanhar de perto e estimular a produtividade no call center. Continue a leitura!

1 – Estabeleça metas e objetivos claros e atingíveis

Parece uma prática simples, mas a realidade é muito mais complexa. As metas são importantes para definir onde a empresa quer chegar. No entanto, é preciso que sejam possíveis de serem atingidas.

Isso faz toda a diferença no engajamento e na produtividade do seu time. Se o colaborador percebe que, mesmo com muito esforço, não consegue alcançar os resultados, ele ficará desmotivado. Isso impacta no seu rendimento e nos resultados gerais.

Por isso, procure criar um clima de melhoria contínua, mas acompanhando as capacidades do seu time. Assim, o time trabalha em conjunto para conquistar os objetivos.

LEIA TAMBÉM: 7 desafios de um gestor de equipes remotas e como vencê-los

2 – Invista em capacitação e treinamentos

No cotidiano de um time de call center, é comum que procedimentos sejam alterados, novos produtos inseridos ou informações adicionadas ao script. Tudo isso é importante para alinhar o trabalho de atendimento ao cliente com o negócio.

Por isso, periodicamente, é preciso realizar treinamentos para validar quais são as diretrizes que estão valendo para o atendimento. Capacitações e cursos de atualização também são sempre necessários.

Não deixe que essas atividades sejam vistas como punição por baixo desempenho. Uma mentalidade de melhoria contínua deve fazer parte do seu time e essas capacitações devem ser vistas como positivas, assim como o investimento da empresa nas capacidades de seus colaboradores.

3 – Utilize a tecnologia para simplificar processos e facilitar o trabalho do seu time

As novas tecnologias são grandes ferramentas para o atendimento ao cliente. Por isso, procure investir em novas soluções que facilitam o trabalho do seu time, com mais acesso à informação, otimização do tempo e foco na atividade principal: o bom atendimento ao cliente.

A URA é uma das ferramentas mais lembradas, pois faz uma triagem do atendimento para direcionar para os atendentes mais capacitados para cada função. Chatbots também podem acelerar esse processo, resolvendo questões mais simples e direcionando o atendimento para demandas mais complexas.

O atendimento por chat também facilita a descentralizar o atendimento, além de dar resolução a um número maior de demandas.

Veja quais são aderentes ao negócio e utilize essas ferramentas para apoiar o seu time.

4 – Recompense o seu time!

Já ouviu falar em gamificação? É utilizar mecânicas comuns aos jogos e aplicar ao trabalho para engajar e motivar os colaboradores.

É uma excelente estratégia para recompensar o seu time, trazer um clima saudável de competitividade e escalar as “premiações”.

Dessa forma, é possível criar metas, das mais simples às mais ousadas mas que podem ser atingidas por qualquer colaborador, e engajar em prol de resultados. Assim, todos podem se beneficiar e, ainda, gerar destaques.

5 – Feedbacks

Os feedbacks são uma excelente ferramenta para que o profissional entenda como está sendo o seu desempenho, de acordo com as expectativas da função e da empresa.

Muitas empresas adotam essa metodologia, mas muitos gestores fazem o feedback apenas para cumprir protocolos burocráticos da empresa. No entanto, acabam não enxergando a prática como uma grande possibilidade de desenvolvimento da equipe e de criação de um ambiente de trabalho mais transparente.

Isso pode resultar em um descontentamento dos colaboradores e até uma impressão de que a empresa não valoriza o seu time.

O ideal é que o feedback seja contínuo, para que a experiência seja mais efetiva e para que a cultura se estabeleça na sua empresa. Muitas companhias fazem ciclos anuais e acabam perdendo o timing de questões pontuais que poderiam ter sido destacadas no passado, por exemplo.

É importante também que o feedback não ocorra apenas como um registro dos pontos negativos. Destacar os pontos positivos, com naturalidade, também faz muita diferença e motiva o colaborador.

SAIBA MAIS: Cultura de feedback – sua empresa pode se beneficiar desse mindset!

Dica extra: que tal uma ferramenta que oferece dados concretos sobre a produtividade?

Viu só como dá pra transformar o engajamento do seu time com diversas ações práticas? Ter informações e retornos ajudam muito a incentivar a produtividade.

É com esse intuito que o fSense foi desenvolvido! Com essa plataforma, você pode acompanhar o uso das máquinas em tempo real e avaliar quais são os principais gaps no rendimento do seu time.

Com relatórios completos, facilita o trabalho do gestor na hora de dar feedbacks, entender os desafios do seu time e embasar a tomada de decisão.

Quer experimentar? Aproveite 14 dias de teste gratuitos agora! Você pode instalar em até 10 máquinas gratuitamente.

 

Campanhas motivacionais: 4 ideias para implantar na sua empresa

Manter colaboradores sempre motivados é um exercício que exige dedicação. Os gestores precisam estar atentos às necessidades dos colaboradores para propor maneiras de deixá-los satisfeitos com o trabalho e, consequentemente, fazê-los produzir mais. Uma boa solução para isso são as campanhas motivacionais.

Mas elas não têm apenas esse objetivo. As campanhas motivacionais contribuem para aumentar o senso de pertencimento, estimular a cooperação entre os colaboradores, melhorar o clima organizacional e trazer melhores resultados para a empresa.

Separamos neste artigo algumas ideias de campanhas motivacionais para você se inspirar e implantar ações desse tipo na sua empresa, seja em operações alocadas na própria empresa ou para equipes home office.

4 ideias de campanhas motivacionais para os seus colaboradores

Há diversos tipos de campanhas motivacionais, de acordo com o objetivo que se pretende. Aqui, trouxemos 4 delas para você identificar qual é ideal para cada momento na sua empresa.

1. Incentivo

As campanhas de incentivo são as mais comuns entre as empresas. Elas são elaboradas com o objetivo de engajar os colaboradores para alcançarem determinado objetivo, ainda que não haja premiação. A ideia é criar um ambiente de motivação e alto desempenho.

Por exemplo, a empresa pode pensar em destacar a equipe que mais teve avanço em comprometimento, proatividade, disciplina, relacionamento interpessoal, entre outros aspectos.

Sendo assim, até colaboradores que trabalham remotamente, no modelo de trabalho home office, podem participar. Essa é uma forma de manter o engajamento da equipe, mesmo de longe, já que essa é uma tarefa mais difícil para gestores de operações remotas.

2. Premiação

As campanhas motivacionais que envolvem premiação são ainda mais efetivas, uma vez que os colaboradores têm um incentivo a mais para atingirem os objetivos propostos pela empresa.

Campanhas de vendas são exemplos comuns. A empresa pode premiar um ou mais vendedores em períodos preestabelecidos: mensal, trimestral ou anual, por exemplo.

É importante que as comissões e os prêmios concedidos sejam atrativos, como valores em dinheiro, viagens ou vouchers de lojas.

A empresa pode também optar por conceder a premiação apenas se a meta estipulada no planejamento for alcançada, em vez de sempre premiar o colaborador que mais vender. Dessa forma, a empresa consegue estimular o trabalho coletivo, em busca de melhores resultados de vendas por toda a equipe e, não, individualmente.

3. Integração

As campanhas motivacionais de integração são aquelas que incentivam os colaboradores a se unirem, em vez de trabalharem apenas dedicados aos seus objetivos individuais. Nesse tipo de campanha, pode ou não haver premiação.

Um exemplo é a ideia de uma campanha que contabilize há quantos dias a empresa está sem receber reclamações de clientes. Esse tipo de campanha motivacional tem como objetivo impulsionar os funcionários a atingirem a excelência no atendimento. A premiação pode ser concedida de acordo com a quantidade total de dias conquistados sem nenhuma reclamação.

Para incentivar os colaboradores, a empresa pode divulgar uma placa com dizeres como “Estamos a 154 dias atendendo nossos clientes com excelência”.

4. Datas comemorativas

Datas comemorativas também são um importante apelo para campanhas motivacionais. O final do ano, especialmente, é uma época em que as empresas costumam implantar campanhas para engajamento dos colaboradores e premiar os destaques do ano.

Próximo ao Natal, que tal promover uma competição saudável entre as áreas da empresa? Uma ideia é promover uma gincana que incentive a solidariedade, na qual os colaboradores façam uma ação social em alguma instituição escolhida pela organização.

A campanha pode estimular, por exemplo, que os colaboradores arrecadem brinquedos, roupas e alimentos para serem doados a crianças ou idosos. A cada determinada quantidade doada, a empresa também pode fazer a parte dela, doando um percentual em dinheiro, por exemplo.

A entrega pode ser feita pelos colaboradores da área vencedora, em uma festa de Natal na instituição, promovida pela empresa. Esse envolvimento eleva a participação dos colaboradores, motivando-os também para suas atividades no trabalho.

Torne as campanhas motivacionais parte da estratégia da empresa

Para que as campanhas motivacionais sejam bem sucedidas, é essencial que elas façam parte da estratégia da empresa. Elas devem ser planejadas, contar com verba própria e ter uma equipe responsável pela implantação.

Além disso, é importante que a efetividade das campanhas motivacionais seja mensurada para que, quando forem realizadas novamente, a empresa conte com dados para repetir ou até mesmo melhorar as propostas.

Analise o perfil da sua empresa e identifique as melhores opções de campanhas motivacionais para aplicar aos seus colaboradores.

Para implantar campanhas motivacionais efetivas na sua empresa, é importante conhecer o comportamento dos seus colaboradores. Assim, fica mais fácil definir uma ação que seja se interesse deles. Sobre esse assunto, leia o artigo “Por que dados de monitoramento são importantes para um plano de ação?”.