Conheça dicas para uma melhor gestão de colaboradores home office

Conheça dicas para uma melhor gestão de colaboradores home office

A gestão de colaboradores home office nem sempre é simples. Dependendo da maturidade da empresa, é difícil lidar com os problemas que surgem, já que esse modelo de trabalho é relativamente novo em grande parte das organizações. Muito se sabe sobre a gestão de colaboradores presenciais, mas a gestão eficiente de profissionais home office ainda é uma novidade para as empresas.

Mas as muitas vantagens que o trabalho home office oferece levam as empresas a adotarem cada vez mais esse modelo. Para isso, é imprescindível contar com práticas que permitam uma melhor gestão dos colaboradores remotos, garantindo a produtividade e os resultados esperados pela empresa.

Neste artigo, trazemos as principais dicas que a sua empresa precisa seguir para ter uma melhor gestão dos colaboradores home office.

Como garantir uma melhor gestão de colaboradores home office

1. Programe reuniões e avaliações regulares

Um dos principais desafios enfrentados por empresas que adotam o modelo de home office é a falha de não realizar reuniões e avaliações regulares.

Por mais confiáveis e competentes que sejam os profissionais que trabalham remotamente, é muito importante estabelecer uma rotina de reuniões para garantir que as tarefas estão sendo realizadas e também para mostrar aos colaboradores que o trabalho está sendo acompanhado.

O ideal é que essas reuniões sejam presenciais, mas, se não for possível, videoconferências ou teleconferências são opções a se considerar.

É fundamental acompanhar o desenvolvimento de cada colaborador. Assim, ficará mais fácil fazer orientações e correções quando forem necessárias, além de identificar a necessidade de treinamentos adicionais ou outros recursos.

Essas reuniões também são importantes para que o gestor tenha informações suficientes para dar feedbacks e avaliar com mais rigor os colaboradores home office, uma vez que a distância dificulta o contato mais próximo e a análise do desempenho.

2. Estabeleça metas claras

As metas estabelecidas com os colaboradores home office devem ser ainda mais claras do que as estabelecidas com colaboradores presenciais. Isso porque, como o gestor não está todo o tempo acompanhando a rotina, não tem como reforçar alguma meta que não tenha ficado bem definida ou que não tenha sido entendida com clareza.

Portanto, estabeleça metas concretas, defina números, levante porcentagens que a empresa deseja alcançar em determinado período. Ou seja, facilite o entendimento dos colaboradores home office para que haja uma maneira mensurável de avaliar o progresso deles em relação aos objetivos e também para evitar os desgastes causados por uma comunicação ineficaz.

Além disso, é importante estabelecer metas de longo prazo e metas de curto prazo, definindo claramente o que é esperado pelos colaboradores home office e em quanto tempo.

3. Conte com uma ferramenta de monitoramento

Se a sua empresa tem dificuldade de medir a produtividade dos colaboradores home office ou ainda não consegue manter o desempenho dessa equipe, a adoção de uma ferramenta de monitoramento de estações de trabalho é fundamental. Sistemas como esse registram todas as atividades do usuário, o que permite ao gestor o acesso às principais informações de que precisa para avaliá-lo.

O fSense é uma dessas plataformas de monitoramento. Seu diferencial está no foco em resultado. Por isso, traz funcionalidades como a categorização de sites e aplicações, que permite ao gestor determinar quais são de uso autorizado para o trabalho e quais são de uso pessoal. Assim, o gestor tem acesso a um registro de linha do tempo, que mostra como o usuário tem usado o tempo de trabalho.

Outra funcionalidade interessante é a possibilidade de printar a tela do usuário para verificar a sua atividade em determinado momento da jornada de trabalho. Dessa forma, o gestor tem pleno acesso ao que o colaborador home office produz, sem a necessidade de questioná-lo ou pedir relatórios constantes, por exemplo.

Com o fSense, sua empresa pode alcançar melhores resultados, uma vez que é possível identificar exatamente onde estão as falhas por parte dos colaboradores e tomar decisões que possibilitem mais produtividade.

Conheça os resultados que a sua empresa pode alcançar com o fSense

fSense: conheça os resultados que a sua empresa pode alcançar

Produtividade é o foco quando se pensa em fSense. O sistema de monitoramento em nuvem foi desenvolvido para coletar informações sobre as atividades dos colaboradores da empresa em suas estações de trabalho e, assim, fornecer dados sobre o comportamentos deles centralizados em um dashboard.

Mas a produtividade não é o único resultado que a sua empresa pode alcançar com o uso do fSense. Neste artigo, conheça os principais benefícios que o seu negócio pode ter com a instalação da ferramenta.

5 resultados que a sua empresa pode alcançar com o fSense

1. Segurança de dados da empresa

Além de mensurar a produtividade do time, o fSense é capaz de verificar se as regras de segurança definidas pela empresa estão ou não sendo sumpridas.

Por meio do dashboard do fSense, o gestor pode categorizar sites e aplicativos em quatro categorias: “Uso de Trabalho”, “Uso de Trabalho Não Aprovado”, “Uso Pessoal” e “Uso Pessoal Não Aprovado”.

Dashboard fSense

Com essa classificação, é possível, por exemplo, categorizar o acesso ao domínio “www.facebook.com” e ao aplicativo WhatsApp como “Uso Pessoal Não Autorizado”. Já o Excel e o Word podem ser categorizados como “Uso de Trabalho”.

Dessa forma, em poucos cliques, o gestor acompanha se o seu colaborador home office está utilizando ferramentas relacionadas ao trabalho ou se está se distraindo com conteúdos pessoais que não são pertinentes à realização das suas tarefas.

O fSense também possibilita ver quanto tempo cada colaborador passou em determinado site ou aplicativo. Dessa forma, fica muito mais fácil aferir a produtividade individual dos colaboradores e identificar possíveis gaps nos processos de trabalho.

2. Tomadas de decisões melhores com o fSense

Um dos grandes benefícios do fSense é poder tomar decisões mais assertivas e, não, baseadas em “achismos”. As informações fornecidas pelo sistema dão ao gestor uma visão mais clara sobre a produtividade dos colaboradores.

Assim, qualquer alteração que seja necessária para garantir melhores resultados passa a ter base fundamentada em dados, o que também aumenta a chance de alcançar as metas definidas e, inclusive, tornar a empresa mais lucrativa.

3. Mais produtividade de colaboradores home office

O home office, modelo de trabalho em que o colaborador exerce suas funções em casa, está cada dia mais popular entre as empresas, principalmente pela economia em infraestrutura que é gerada com a adoção desse formato.

No entanto, manter colaboradores trabalhando a distância, fora do ambiente físico da empresa, é um desafio do ponto de vista da produtividade. Algumas organizações ainda têm receio de adotar esse modelo de trabalho justamente pela dificuldade de medir a performance do colaborador home office.

Mas, com o fSense, essa tarefa deixa de ser um problema. Como o sistema registra todas as ações do computador do colaborador, fica mais fácil analisar o seu aproveitamento, identificar comportamentos que não estejam de acordo com as políticas da empresa e fornecer dados concretos que sirvam como base para o gestor cobrar melhores resultados desse colaborador.

4. Adequação da empresa às políticas de compliance

O compliance é muito relevante para o contexto empresarial. Para alguns setores, é fundamental estar em conformidade com determinadas normas, seguindo à risca as orientações para se manter no mercado. Por isso, é importante contar com uma ferramenta que garanta que os colaboradores sigam as regras determinadas.

Para que um programa de compliance seja seguido com rigor, a empresa precisa ter métricas de desempenho bem definidas. Afinal, é preciso acompanhar os progressos e repensar aquelas estratégias que não tiveram bons resultados. Nesse ponto, o fSense auxilia na mensuração dessas métricas e na interpretação delas. O sistema, de fácil compreensão com dashboard intuitivo, ajuda o gestor a identificar falhas, reduzir riscos e aplicar as correções necessárias.

5. Acompanhamento do desempenho em tempo real

Ao instalar o fSense no computador de trabalho do colaborador, as informações sobre todas as atividades que ele realiza passam a ser registradas e enviadas para a conta online do gestor. No dashboard, é possível acompanhar esses dados em tempo real, seja no desktop ou no smartphone, bastando ter conexão à internet.

Nos cards, a ferramenta mostra informações de consumo rápido, como quantos computadores e aplicativos estão sendo monitorados, além de gráficos de atividades categorizadas, atividades por usuário, utilização de aplicações, acesso a websites, entre outros.

Dessa forma, com dados sempre disponíveis, o gestor pode mensurar em tempo real a produtividade da equipe, levantando quais são os colaboradores que ficam mais tempo ociosos e aqueles que realmente se empenham nas atividades.

Linha do tempo fSense

Teste o fSense gratuitamente

Para ter acesso a todas essas funcionalidades para garantir melhores resultados para a sua empresa, faça o seu cadastro. Você pode testar o fSense gratuitamente durante 15 dias em até 10 estações de trabalho. Experimente agora e otimize a sua gestão: