Monitoramento da jornada de trabalho: a importância de um software de gestão

Como realizar um bom monitoramento da jornada de trabalho dos colaboradores? Entenda a importância dos dados e veja como um software de gestão ajuda! 

Qual a importância do monitoramento da jornada de trabalho? Um levantamento do escritório de advocacia LG&P, especializado em Direito Empresarial, apontou que aumentou em 34% o volume de processos trabalhistas durante a pandemia de Covid-19. 

Dentre os principais motivos estavam o pedido de hora extra e desvio ou acúmulo de função. No caso de hora extra, os processos ultrapassam 2 milhões, com somas em torno de R$ 220 bilhões. Já no caso de acúmulo ou desvio de função, são 168 mil processos, que somam R$ 21 bilhões. 

Analisando as informações, é possível perceber que caso houvesse o monitoramento da jornada de trabalho, seria possível diminuir o número de ações trabalhistas contra os empregadores. 

A importância de um software de monitoramento da jornada de trabalho 

O monitoramento da jornada de trabalho é fundamental para resguardar a segurança da empresa e o direito dos trabalhadores. Na legislação trabalhista, não há nenhum artigo que discorra sobre a prática, por isso, as empresas se resguardam utilizando a Constituição Federal e a jurisprudência. 

Atualmente, várias formas já são utilizadas dentro das empresas para o monitoramento. O ponto eletrônico, por exemplo, é uma das maneiras de dar visibilidade a hora que o colaborador entra, sai e faz pausa para refeição. Esse controle garante que toda a jornada está sendo cumprida e, quando houver necessidade de hora extra, o direito seja contabilizado e pago.

Além disso, as câmeras também são permitidas e usadas em ambientes físicos — exceto em banheiros e vestiários — para resguardar a segurança do patrimônio.

Contudo, com a pandemia e um novo modelo de trabalho se consolidando, muitas empresas se viram perdidas no monitoramento dos seus colaboradores. Ao migrar para o modelo home office, muitos gestores perderam a visibilidade do trabalho executado e do que o funcionário estava fazendo.

Nesse sentido, utilizar soluções tecnológicas é uma alternativa para melhorar a gestão de equipes, compreender a produtividade de cada um e resolver gargalos operacionais. 

fSense: o sistema de monitoramento de computadores 

Com softwares específicos de monitoramento, como o fSense, é possível ter controle e acesso às informações relativas à jornada de trabalho.  Ou seja, indo além das informações passadas pelo ponto eletrônico, por exemplo, que mostra o horário de entrada e saída, um software de monitoramento instalado no computador da empresa, ajuda a entender quanto tempo o colaborador passa em cada atividade e como está sua produtividade.

Assim, uma das vantagens de utilizar esses sistemas é o aumento da produtividade da equipe. Afinal, não há como mensurar e readequar o desenvolvimento dos colaboradores senão for por meio de um monitoramento. Além disso, é com ajuda desses sistemas que os gestores podem premiar os melhores funcionários e desenvolver aqueles com dificuldade. 

Outro benefício é a manutenção do compliance e segurança dos dados, como é possível verificar os acessos, facilmente encontra-se o colaborador que não seguiu as regras de segurança, prejudicando a empresa e suas informações.

Além disso, usando o fSense é possível bloquear a estação de trabalho do colaborador que ultrapassar o horário da jornada. Reduzindo, assim, o número de horas extras.

Vale ressaltar que a empresa precisa ser transparente e deve informar ao colaborador sobre as políticas internas adotadas, descrevendo como o monitoramento é feito. O funcionário também precisa dar aceite às regras firmando o aceite em contrato, para que no futuro o trabalhador não questione a empresa.

Portanto, ao realizar o monitoramento da jornada de trabalho, é possível aumentar os resultados e promover segurança. Com os dados em mãos, o gestor pode construir feedbacks mais robustos e melhorar o engajamento do seu time. Além do mais, esses dados e a guarda do histórico são fundamentais para resguardar a empresa de possíveis processos trabalhistas. 

Se você gostou desse conteúdo e quer conferir outras dicas, siga-nos no LinkedIn e Instagram e não perca nenhuma publicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.