Gestão de Pessoas em Home Office: supere desafios

Em primeiro lugar, é bom ter a visão certa do trabalho em casa. Ele é excelente e tem diversas vantagens: qualidade de vida, conforto e flexibilidade. Em contrapartida, há alguns desafios, como a Gestão de Pessoas em Home Office.

 

Como resultado, se alguém não está habituado a ele, pode ter dificuldades na adaptação. 

Por outro lado, mesmo após se acostumar, o trabalho home office pode ser desafiador. Afinal, ainda é uma nova forma de trabalho. Desta forma, é importante lembrar que as pessoas ainda estão aprendendo. 

 

Seja como for, sempre tem como melhorar. Por isso, vamos dar dicas para que sua Gestão de Pessoas em Home Office seja a melhor possível.

 

Desafios na Gestão de Pessoas em Home Office

 

Constantemente, gestores se deparam com problemas. É uma parte da profissão. Porém, os melhores são os que percebem isso e buscam por soluções. 

 

Com base nessa visão, separamos 3 principais desafios na gestão e alguns direcionamentos para aperfeiçoar o processo. 

 

1- Manter colaboradores engajados na Gestão de Pessoas em Home Office

 

No trabalho presencial isso já é complicado. Mas no home office ele pode se tornar ainda maior. Afinal, não há como observar de perto cada pessoa para analisar como o time está. 

Contudo, há como fazer essa parte na Gestão de Pessoas em Home Office.  Primeiramente, é importante alinhar todos com os objetivos da empresa. Ou seja, mostrar o porquê do trabalho e como são importantes. Para isso, o gestor deve apresentar isso de forma clara aos seus colaboradores.

O fSense foi criado para ajudar nessa questão. Com ele, você consegue monitorar o que seu colaborador está fazendo. Pode identificar hábitos, comportamentos e saber o que sua equipe precisa. Assim, pode obter o máximo de produtividade. Faça um teste grátis de 14 dias e conheça nossas funcionalidades.

Em segundo lugar, é preciso ver quando alguém está fora de sintonia no time. Ligações de vídeo, inclusive fora de reuniões, ajudam a ter uma comunicação horizontal. Certamente isso ajudará a criar laços e a perceber quando algo não vai bem.

E quando isso acontecer, dar feedbacks. Porém, é preciso procurar entender o porquê disso ocorrer. E, após isso, ajudar o colaborador a voltar a render como antes. 

Sobretudo, é importante que essa conversa seja feita de forma respeitosa e responsável. Isso irá garantir que o colaborador se abra e que o problema seja realmente resolvido. 

 

2- Monitorar a produtividade da equipe

 

Este é um problema comum, e que nem sempre é fácil de ser visualizado, o uso de ferramentas especializadas pode contribuir e muito, para contornar o problema, alinhado com algumas estratégias. 

Uma delas é saber definir e organizar as tarefas. Para esta última é preciso se atentar à forma de distribuir. Ficar atento para não haver momentos em que fiquem muito ociosos ou com muitas coisas para entregar em pouco tempo, com o fSense você possui um painel completo onde pode acompanhar com gráficos e relatórios o desempenho de cada colaborador.

Com tarefas e datas definidas, ficará mais fácil constatar o que foi feito. E, assim, fazer a Gestão de Pessoas durante o Home Office. 

Além disso, estabelecer expectativas sobre o que espera de cada um cria um sentimento de responsabilidade. Outra coisa importante é estabelecer metas, para mensurar melhor os resultados do time.

 

3- Manter a sinergia na Gestão de Pessoas em Home Office

 

É comum que os colaboradores sintam falta de um ‘’contato humano’’, conversas e troca de informações cara a cara. Para lidar melhor com essa falta durante o home office indicamos reuniões diárias, mesmo que curtas. Isso ajuda a deixar todos mais próximos. 

A reunião de cada dia pode ser de um tema relevante para a empresa, como: demandas do dia, fatos importantes da semana  e debates sobre estratégias. É importante também, criar um programa de reconhecimento de colaboradores, para destacar méritos e engajar a equipe.

Também pode fazer encontros para happy hour e para comemorar algo, como aniversários, conquistas e resultados. Importante: tudo deve ser feito em horário comercial.

A dica é manter as reuniões curtas. E, caso seja necessário mais tempo, fazer pausas para café ou banheiro. 

 O gestor é peça chave para manter o bom funcionamento da equipe. Por isso é importante que ele esteja sempre atento e tenha uma visão clara do que está acontecendo com sua equipe. E mais do que isso: se preocupe em melhorar sempre, para fornecer uma experiência de trabalho mais agradável. Afinal de contas, uma boa Gestão de Pessoas em Home Office traz muitos benefícios, como: mais produtividade; melhor saúde mental (o que diminui afastamentos por doenças mentais); melhor relacionamento entre todos. Ao fazer isso, todos ganham!

 

Tenha uma visão clara de seus colaboradores e identifique gaps com a nossa ferramenta, teste o fSense por 14 dias grátis e veja como podemos contribuir para uma gestão mais eficiente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.