7 maneiras de dar feedbacks aos seus colaboradores

Gerir o trabalho dos seus colaboradores com feedbacks e incentivá-los, por meio de feedbacks, a continuar tendo um bom desempenho é essencial, mas nem sempre é simples, especialmente com o trabalho remoto.

Para que os processos e expectativas fiquem alinhados, os feedbacks são muito importantes na rotina da sua empresa.

O feedback é um tipo de avaliação realizada em grupo ou individualmente sobre as ações e resultados conquistados.

Ele pode ser positivo, para incentivar o time ou pode ser um feedback negativo, sendo essencial para reorientar o colaborador. 

Esse tipo de resposta é um instrumento de comunicação eficiente e deve ser benéfico para os dois lados: enquanto a empresa aproveita a melhoria do desempenho do seu time, é necessário que os gestores também estejam preparados para ouvir críticas e recomendações. 

Mas como o processo funciona? Existe um método para fazer feedbacks aos colaboradores? 

O que é cultura de feedback? 

O mercado está sempre em evolução e os consumidores estão cada vez mais exigentes, por isso as empresas devem acompanhar as mudanças para se manter fortes e competitivas. 

Manter funcionários qualificados, motivados e produtivos, especialmente no meio de um isolamento social, se tornou uma tarefa muito complexa. 

Por isso é importante estimular um sistema de avaliações para acompanhar e incentivar a evolução do seu time. 

Dessa forma, a cultura de feedback se faz presente, sendo a prática de dar o retorno para os trabalhadores sobre suas ações e resultados. 

Ela é fundamental para manter a qualidade da comunicação e garantir a manutenção das relações pessoais, profissionais e do clima organizacional. 

Quais são as vantagens de implementar a cultura de feedbacks? 

A cultura do feedback é uma possibilidade de promover um ambiente de trabalho mais saudável e fazer com que os colaboradores tenham uma visão melhor sobre a empresa. 

Seus principais benefícios são: 

  • Transparência: Elimina sentimentos de perseguição e falta de clareza nas informações. Assim o colaborador sabe exatamente o que a empresa pensa e espera dela. 
  • Diálogo: A gestão de conflitos se torna mais eficiente ao passo que os líderes e liderados possuem uma comunicação mais eficaz. 
  • Desenvolvimento: Ser avaliado constantemente permite que os colaboradores possam desenvolver suas habilidades. 
  • Superação: Os feedbacks podem ser uma ferramenta importante para estimular o time a crescer. 
  • Reconhecimento: Além de evoluir, essa cultura faz com que os empregados sejam reconhecidos e valorizados quando estão fazendo um bom trabalho. 

Quais os tipos de feedback? 

Para realizar um bom feedback é importante deixar claro os tipos de avaliação de desempenho da empresa. 

Assim, é possível medir os resultados do seu time e avaliar positivamente ou negativamente. 

Além disso, o feedback positivo é importante para que o seu time enxergue as conquistas e resultados e, para que os seus colaboradores saibam que estão no caminho certo. 

O feedback negativo, por sua vez, também é fundamental para a evolução da equipe, embora mais complicado de ser feito.

Ele é importante para o colaborador ficar ciente dos seus erros e pode recentralizar para realizar um bom trabalho. 

Como fazer feedback com funcionários? 

Para que não tenha o risco das informações serem mal interpretadas é importante seguir alguns passos: 

  1. Crie um planejamento 

Antes de chegar ao feedback, se planeje para otimizar o tempo e levantar os pontos mais importantes para o seu colaborador. 

  1. Invista em uma plataforma de monitoramento 

Com a adaptação do home office, muitas empresas perderam a autonomia que tinham sobre seus colaboradores quando estavam presencialmente. 

Por isso, realizar um gerenciamento do tempo, desempenho e horários de produtividade é importante para ter mais clareza na hora de realizar um feedback.

Já existem ferramentas para te ajudar a incluir a prática no seu dia a dia, como o fSense. 

  1. Torne o clima mais ameno 

Muitos colaboradores podem ficar nervosos nesse processo, por isso, crie um clima inicial favorável para falar com tranquilidade e inicie pelos pontos positivos. 

  1. Seja sincero 

Por mais desagradável que possa ser apontar erros de companheiros de trabalho, só essa transferência irá garantir melhores resultados. 

  1. Dê exemplos reais de bom desempenho 

Reforce o feedback com exemplos e garantindo que o colaborador está sendo notado. 

  1. Não deixe de falar os pontos negativos

Encontrar um equilíbrio na reunião para tratar os pontos negativos é muito importante. Além disso, sempre aborde as falhas apontando formas de melhorar. 

  1. Crie um plano de ação

Para que o feedback seja completo, transforme as informações em um plano de ação para auxiliar os colaboradores a evoluírem. 

Agora que você já sabe tudo sobre a cultura de feedback e os seus benefícios, que tal otimizar esse processo? 

Quer saber mais sobre o fSense? Clique aqui e teste grátis por 14 dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *