5 tendências para o gestores de RH em 2023

Com a transformação digital constante e a mudança de gerações, é preciso que, a cada ano, o setor de RH da sua empresa fique atento às tendências do mercado para se atualizar e saber o que está acontecendo no mercado. Além de encontrar novas alternativas para atração e retenção de talentos.

Pensando nisso, abaixo separamos 5 tendências para os gestores de RH em 2023, para você se informar e adaptar as informações abaixo para a realidade da sua empresa. Boa leitura!

1 – Uso de dados e People Analytics 

 

Vivemos na era dos dados e isso afeta todos os setores do mercado, desde um produto, serviço a contratação de colaboradores. Desse modo, é necessário que o RH comece a utilizar os dados de forma estratégica para trazer insights, como também conhecer melhor sua equipe de colaboradores.

Desse modo, a tendência para 2023 é investir na metodologia de People Analytics, que se baseia na coleta, organização e análise de dados aplicada à gestão de pessoas.

Ou seja, a ideia é coletar dados para oferecer uma gestão mais próxima dos colaboradores e também saber como atrair novas pessoas para o time, tudo através de dados. 

2 – IA no Recrutamento e Seleção

 

IA ou melhor, Inteligência Artificial é uma tecnologia que vem revolucionando o mercado. Pois, com o uso de softwares que têm IA na sua configuração, é possível oferecer mais agilidade e precisão na contratação de pessoas. 

Isso quer dizer que investir em ferramentas de automatização e inteligência artificial, é uma das tendências para aprimorar e otimizar os processos seletivos. Pois, contratando esse tipo de solução é possível ser mais assertivo na triagem de currículos, fazer cruzamento de dados na hora de analisar os candidatos e melhorar a comunicação com os selecionados para as próximas etapas do processo.

Ou seja, todo aquele trabalho manual de analisar currículo e procurar informações é automatizado e o time de RH consegue ser mais estratégico e eficiente em todo o processo de seleção. 

3 – Desenvolvimento em T.I. e capacitação profissional 

 

Atualmente não tem como não saber operar ferramentas tecnológicas, como a que citamos acima, que utiliza Inteligência Artificial no processo de recrutamento e seleção. Dessa forma, é preciso investir em desenvolvimento de T.I. e capacitação profissional para dar autonomia ao seu time de RH usar essas novas ferramentas.

Até porque, de nada adianta ter a solução mais atual e inteligente se seu time não sabe operá-la. Nesse sentido, aposte em treinamentos de operação/processos e de análise de dados também.

Pois, essas tecnologias utilizam dados e dão os resultados em dados. Ou seja, sua equipe deve ser capacitada para lê-los e conseguir tirar insights estratégicos, com o objetivo de ser mais assertivo, empático e humano nos processos de admissão e retenção de colaboradores.

Por exemplo, se os dados mostram que 70% dos colaboradores são mães e pais, porque não oferecer uma vale escola ou um vale creche? Por que não oferecer uma vale farmácia?

Viu! Esse tipo de análise deve ser feita pela sua equipe, mas para isso é preciso que eles saibam operar as ferramentas contratadas e analisar estrategicamente os resultados.

4 – Programas de diversidade e inclusão 

 

De acordo com dados da pesquisa “A falta de inclusão e os riscos para organizações”, do Instituto Locomotiva, 74% dos brasileiros acreditam que as empresas e marcas devem se posicionar com relação a assuntos como diversidade e inclusão.

Isso quer dizer que, criar programas de diversidade e inclusão é um pilar importante que não pode ser deixado de lado pelas organizações.  

Desse modo, para 2023, aposte na construção de uma cultura mais inclusiva, ofereça investimento e apoio ao time de RH para o desenvolvimento de programas de D&I e a criação de comitês de diversidade.

Fazendo isso, seus colaboradores se sentem mais próximos à empresa, veem que eles têm valor dentro da organização e assim, viram embaixadores do negócio. 

Nesse sentido, aposte em comitês de diversidade e inclusão de pretos, LGBTQIA+, pessoas acima de 60 anos, mulheres e pessoas com deficiência.

5 – Softwares de monitoramento de computadores

 

Com a consolidação do home office e do trabalho híbrido, para manter a segurança e a produtividade das equipes, uma das tendências para 2023 é a adoção de softwares de monitoramento de computadores. 

Pois, com esses programas é possível acompanhar a rotina da equipe, visualizar gargalos nas operações, tirar insights estratégicos sobre os colaboradores, como descobertas de skills e promoções, aumentar a produtividade da equipe e traçar o perfil individual e coletivo do time.

Ou seja, esses softwares, como o fSense são vários em um que facilitam a gestão do RH e dos líderes.

Clique aqui e veja mais benefícios do fSense para sua empresa.

Portanto, para começar 2023 no nível do mercado, comece a implantar as dicas acima e vá adaptando-as de acordo com o perfil da sua empresa e dos seus colaboradores.

Gostou do conteúdo? Clique aqui e veja 5 motivos para você fazer o teste grátis do fSense na sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.