Novo coronavírus: como evitar o burnout de equipes home office | fSense

Novo coronavírus: como evitar o burnout da sua equipe que trabalha de casa

A pandemia de Covid-19 provocou mudanças drásticas para muitas empresas. Além da crise econômica que foi intensificada, diversas companhias tiveram que adotar às pressas modelos de trabalho como o home office.

Gestores e colaboradores ainda estão se se acostumando com essa nova forma de trabalho. Além de todos os desafios do home office e de atuar numa equipe descentralizada, ainda existe a pressão, a ansiedade e o receio diante do cenário de saúde pública mais preocupante.

Neste artigo, vamos explicar o que é burnout, como essa condição pode afetar o seu time e como você como gestor pode acompanhar seu time para lidar com esse momento de uma maneira mentalmente saudável. Continue a leitura!

Entenda o que é o burnout

Burnout é um termo que está cada dia mais em voga. Inventado ainda na década de 1970, é utilizado para refletir a situação em que trabalhadores se sentem esgotados, apáticos, sobrecarregados… Tudo parece mais difícil e muita energia (e tempo) são gastos com a sobrecarga mental. Em suma, acaba gerando um esgotamento físico e psicológico com grandes prejuízos para o colaborador.

Essa situação pode aparecer por causa de uma rotina de trabalho intensa e desgastante. Mas também pode ser um acúmulo de situações. Não necessariamente tem a ver com o emprego ser ruim ou com gostar do trabalho.

O que isso tem a ver com a pandemia do novo coronavírus?

Tudo a ver! O cotidiano das pessoas mudou muito. Muitos profissionais não estavam habituados ao home office, gerando um certo desgaste para conseguir se adaptar à nova rotina. 

Além disso, com a pandemia e o período de incertezas que veio com ela, a ansiedade pode se tornar um sintoma presente.

Diretamente relacionado a esse momento, pesquisadores também notaram o aumento do consumo de bebidas alcoólicas. Com seu efeito inicial de sedação, muitas pessoas recorrem ao álcool para se sentirem mais relaxadas.

A ansiedade afeta o sono, o equilíbrio emocional, a imunidade do corpo, a produtividade, entre tantos outros aspectos. Por isso, mesmo com a dedicação ao trabalho, os profissionais sentem-se mais sobrecarregados, cansados e desmotivados. Isso pode se transformar em burnout, o esgotamento físico e emocional.

5 dicas para ajudar seu time a lidar melhor com esse período de pandemia e evitar o burnout

Para que sua equipe continue produtiva e seus colaboradores se sintam bem na rotina de trabalho, é importante que você como gestor esteja atento e busque colaborar para deixar esses momentos mais leves. Veja só as nossas dicas:

1. Evite a sobrecarga da rotina de trabalho

Busque distribuir as demandas para o seu time de forma que todos tenham uma rotina saudável e sem sobrecarga de trabalho. Acompanhe a produtividade de cada membro da sua equipe para identificar qualquer mudança no rendimento. Identifique também se as demandas estão extrapolando o horário de trabalho sempre, tornando a realização de horas extras uma regra. 

2. Converse com todos os membros do seu time diariamente

Além de ficar em dia com as atividades, esse é o momento para você entender como cada um está lidando com esse momento. Pergunte como seu colaborador está se sentindo, se está tudo bem com a rotina de trabalho, mostre sua empatia e busque ajuda com o time de RH caso sinta necessário.

3. Busque ter horários de interação com o time, não apenas sobre as demandas de trabalho

Marque happy hours pela internet para que o time possa conversar sobre outros assuntos, jogar online, entre outras atividades. Isso é importante pois é um momento para relaxar, ficando longe da rotina de trabalho e das notícias constantes sobre esse cenário.

4. Incentive ações para cuidar da saúde mental

Saúde mental é fundamental para que o colaborador continue produtivo e participante do seu time. Converse sobre as dificuldades desse período, como a ansiedade, o nervosismo e o receio diante das notícias. Mostre que você está a disposição para conversar e ajudar. Estimule seu time a procurar ajuda profissional de psicólogos, caso sintam necessidade. 

5. Abra espaço para o diálogo

É importante que seu colaborador consiga conversar com você abertamente sobre esse tema, sem que se sinta refém da situação ou com receio de perder o emprego. Mostre empatia, busque ajudar com a rotina de trabalho e coloque-se à disposição para encontrar soluções juntos.

Acompanhe o blog do fSense!

Fique ligado no nosso blog e nas redes sociais do fSense. Sempre estamos postando notícias sobre produtividade, home office e temas relacionados para que seu time continue a ter um bom rendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.