Desempenho da equipe: como analisar?

Qual a melhor forma de realizar uma boa gestão de pessoas? Como o desempenho da equipe afeta os resultados da empresa? Entenda como avaliar. 

Você sabe como analisar o desempenho da sua equipe? Segundo Idalberto Chiavenato, “a avaliação de desempenho é uma avaliação sistêmica do desempenho de cada pessoa no cargo e do seu potencial de desenvolvimento futuro”. 

É por meio dessa avaliação que os gestores conseguem mensurar outro desempenho extremamente relevante: o da empresa. Afinal, se os colaboradores não conseguem evoluir e cumprir as suas metas, a organização também não conseguirá atingir o sucesso com seus clientes. Por isso, essa análise é tão importante. 

Assim, mensurar a produtividade dentro da empresa é um papel dos gestores direto em conjunto com o time de recursos humanos. A ideia é entender quais indicadores ainda são um desafio, o que já está alinhado e como motivar a equipe. 

A importância da avaliação de desempenho de equipe 

A avaliação de desempenho é uma ferramenta fundamental para a gestão de pessoas. Por meio dela, é possível avaliar o desempenho tanto individual quanto de um grupo de funcionários. Dessa forma, a partir desses dados, o gestor acompanha e analisa a evolução de sua equipe em um determinado período de tempo. 

Vale ressaltar que a avaliação é primordial para empresa, mas também é importante para o colaborador. Afinal, é por meio dos feedbacks que o funcionário poderá desenvolver o seu trabalho e melhorar suas ações, conforme a cultura organizacional da empresa. Essa avaliação regular ajuda, inclusive, a realizar promoções, visualizar a necessidade de novas contratações e casos em que o melhor a se fazer é optar pela demissão.  

Como avaliar os colaboradores?

Atualmente, muitas empresas ainda utilizam o método tradicional de avaliação de desempenho, organizando informações em planilhas e fazendo feedbacks anuais ou semestrais. Esses modelos já foram superados por novas ferramentas, como o Indicador-chave de desempenho (KPI), que propõe um modelo muito mais dinâmico e interativo. Além disso, os profissionais já demandam processos mais ágeis e que estimulem uma troca. 

Para avaliar o desempenho da equipe dividimos o processo em três etapas: observação, identificação dos problemas e realização do feedback. A observação é a fase em que o gestor analisa o comportamento diário do colaborador. Isso vai desde a entrega das tarefas, passando por trabalho em equipe, comprometimento, relacionamento e outras ações. 

Em seguida, analisa-se os pontos de falhas ou gargalos e oportunidades que devem ser aprimoradas. Por fim, em feedbacks periódicos, o gestor deve apontar o que é bom e deve ser mantido, bem como os pontos de falhas e desenvolvimento. Nesse processo de feedback, é fundamental que o gestor seja transparente, mas sem ser autoritário e impositivo. Caso contrário, o que era para construir e desenvolver, se torna um problema. 

Tecnologia na gestão de produtividade 

Em tempos de home office e transformação na jornada de trabalho, muitos gestores se sentiram perdidos na fase de observação. Se antes tudo era compartilhado presencialmente, agora, a maioria das conexões são feitas de modo online. 

Neste sentido, o software fSense é uma solução para a gestão de produtividade. Com ele, o gestor consegue monitorar as atividades dos computadores da equipe e ter um registro completo dos acessos da sua equipe. 

Além disso, o sistema permite a criação de regras de acesso, identificando quais são os sites e as aplicações de uso para o trabalho e de uso pessoal. Por fim, é possível ter uma visão completa da produtividade da equipe ao acompanhar todo o desempenho em tempo de trabalho. Ou seja, com essa ferramenta, o gestor faz análises periódicas, facilitando a organização dos dados e simplificando os feedbacks.

Portanto, analisar o desempenho da equipe é fundamental para atingir todas as metas previstas pela organização. Esse processo pode ficar muito mais fácil com insights estratégicos e sistemas que ajudam essa análise, como o fSense. 

Se você gostou desse conteúdo e quer ler outros textos sobre produtividade, continue navegando pelo nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.