Como fazer o monitoramento de computadores de colaboradores remotos?

Com a pandemia, como fazer o monitoramento de computadores dos colaboradores remotos? Conheça o fSense e seus benefícios. 

É possível fazer um bom monitoramento de computadores de colaboradores remotos? Com a pandemia, as empresas precisaram se adaptar. Mais de um ano depois e o avanço da vacinação, muitas organizações estão mantendo o modelo remoto. Entretanto, permitindo contratações de candidatos de outros municípios e estados. 

De acordo com o relatório Transformação Digital na América Latina – 2021,  64% das companhias latino-americanas devem apostar nesse formato nos próximos anos. Assim, o que aparentemente parecia ser transitório se tornou um novo modelo de trabalho. 

A mudança da jornada de trabalho 

Um novo modelo de trabalho exige adaptações. Se por um lado a liberdade geográfica traz mais produtividade e bem-estar, por outro, as organizações perderam o controle presencial dos funcionários. 

A pandemia exigiu transformações tanto das empresas quanto dos colaboradores. Com receio de que os funcionários não entreguem bem suas demandas, as organizações têm recorrido a plataformas que ajudam no controle e fiscalização das atividades realizadas durante a jornada de trabalho. 

Assim, é preciso adotar meios que ajudem na manutenção das estratégias para garantir a segurança e obtenção de bons resultados. Isso, sem abrir mão dos direitos dos funcionários, mantendo a privacidade e respeitando os limites. 

Vale ressaltar que esse tipo de monitoramento de colaboradores remotos é permitido perante a lei, desde que as regras sejam claras e transparentes. Ou seja, os colaboradores precisam saber que estarão sendo monitorados. Seja por horário de login, fluxo de dados ou sites consultados previamente avisados e assinados em contrato ou termo de aceite. 

fSense: monitoramento de computadores de colaboradores remotos 

Com uma plataforma de monitoramento, como fSense, a empresa ganha em gestão eficiente. Pois oferece registros contínuos das atividades das estações de trabalho monitoradas e organiza as informações em um dashboard prático. Dessa forma, a produtividade entra em foco, possibilitando que a equipe trabalhe de modo mais preciso mesmo remotamente. 

Além disso, a empresa também investe em proteção de dados, pois monitora o uso da rede e registra o acesso a sites e aplicações não aprovadas pela empresa.

Por meio de plataformas, como fSense, pode-se coletar capturas de tela do computador, acompanhar quais sites foram visitados e quanto tempo é gasto em cada site e aplicativo. Dessa forma, sua empresa consegue monitorar o computador dos colaboradores mesmo que eles estejam trabalhando remotamente.

Assim, em tempo real o gestor o recebe as informações e consegue acessar os dados e visualizá-los, de modo simples e rápido.

Isso ajuda o gestor a montar relatórios, identificar gargalos e analisar de maneira quantitativa e qualitativa as entregas. Ajudando, assim, em casos de promoção e mudanças de cargo ou demissões, em casos de problemas recorrentes. 

É muito simples realizar a instalação para utilizar a plataforma. Basta instalar o programa executável na máquina para começar o monitoramento.

Assim, para que os dados sejam devidamente coletados, é preciso instalar corretamente o agente desktop. Uma vez instalado, o gestor já passa a receber as informações diretamente na conta que foi cadastrada e vinculada na etapa de ativação. 

Para conferir o passo a passo completo da instalação, só acessar o guia do usuário ou entrar em contato conosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.