Por que é importante trabalhar a gestão de produtividade na sua equipe?

A busca pela produtividade é um tema recorrente no mercado de trabalho. Entenda, neste conteúdo, a importância da gestão de produtividade na sua empresa. 

Como anda a gestão de produtividade na sua empresa? Ter uma equipe produtiva é o desejo de todos os gestores. Porém, para que isso aconteça é preciso ser estratégico e motivador para que todo o time esteja alinhado conforme os mesmos objetivos e propósitos. 

A produtividade é importante não apenas para manter a saúde financeira da empresa, como para todos os outros setores. Afinal, a produtividade impacta na criação do produto ou serviço. Bem como desenvolvimento de inovação, descobertas de novos insights, que podem gerar mais receitas, além de outros benefícios intangíveis que impactam no sucesso de uma marca.

O que é a gestão da produtividade? 

Produtividade pode ser definida como a capacidade de realizar o máximo de trabalho possível com o mínimo de recursos necessários. Assim, essa métrica sempre está associada com a quantidade/qualidade de trabalho feito e os recursos necessários para essa entrega.

 Assim, a gestão da produtividade é um conjunto de técnicas de gerenciamento que tem como objetivo planejar, acompanhar, conferir e melhorar os processos de produção/entregas dentro de uma empresa. 

Uma boa gestão de produtividade, primeiramente, começa com uma autoanálise do gestor e sua capacidade de entregar todas as ações propostas. Há líderes mais estratégicos que ficam responsáveis por reuniões, mentorias, planejamentos e organização. Já outros ficam mais próximos das entregas não apenas planejando, mas também executando.  

Nesses casos, é importante entender o seu papel como gestor e criar as estratégias de gestão da produtividade baseado nisso. Muitas vezes, o gestor não faz essa análise e acaba sobrecarregando a equipe ou fica frustrado com as entregas pretendidas versus entregas realizadas. 

Como implantar a gestão de produtividade na minha empresa?

A gestão de produtividade exige algumas ações. Veja como facilitar a implementação desse processo. 

Crie metas para a equipe 

Sem metas claras e objetivas, fica difícil fazer uma gestão da produtividade e cobrar dos colaboradores. Por isso, antes de um ciclo — seja mensal, trimestral ou anual — deixe claro quais são as metas, em quanto tempo elas devem ser obtidas, quem é o responsável por aquela conquista e guie os liderados nesse caminho.  

Aprenda a delegar

Muitos gestores não conseguem atingir as suas metas e ter uma boa gestão de produtividade, pois não conseguem delegar as atividades e descentralizar as decisões. Assim, é importante que o gestor entenda que não consegue sozinho atingir todos os objetivos e que cada colaborador tem uma função específica para alcançar esses resultados. Dar autonomia e liberdade, é fundamental para uma equipe mais produtiva. 

Acompanhe os resultados

Para dizer se uma equipe é produtiva ou não, é preciso acompanhar os resultados. Para fazer essa análise de forma prática e rápida, a tecnologia tem um papel fundamental. O fSense é um software de monitoramento de estações de trabalho, que ajuda a analisar a produtividade dos colaboradores e identificar gargalos. 

Com esse acesso, o gestor consegue analisar percentualmente quanto tempo o colaborador passa em cada site ou sistema. Verificando assim, sua produtividade. É possível analisar quanto tempo o usuário acessa redes sociais ou outros sites que não tenham ligação com o escopo do trabalho.

Assim, é possível dizer que uma gestão de produtividade bem feita auxilia no crescimento das vendas, aumentando a lucratividade. Além do aspecto financeiro, com uma equipe motivada, a marca fortalece o seu nome e aumenta seu market share. Consequentemente, aumenta-se, também, a satisfação do cliente, em um processo cíclico e encadeado. 

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe mais novidades no nosso Instagram! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.