O People Analytics começou no Google e transformou a gestão de pessoas no mundo todo.

People Analytics: a revolução da gestão de pessoas

O People Analytics transformou a gestão de pessoas em todo o mundo. A possibilidade de coletar, organizar e analisar dados sobre os colaboradores de uma empresa contribui para a tomada de decisões assertivas dentro do negócio, o aumento da produtividade e o aprimoramento do planejamento.

Se você ainda não conhece o conceito de People Analytics, não se preocupe. Neste artigo, vamos tratar do surgimento desse modelo de gestão de pessoas, do que ele significa e dos benefícios que ele oferece às empresas.

Como surgiu o People Analytics

Apesar de só ter se tornado popular nos últimos anos, o People Analytics começou a ganhar força no início dos anos 2000, quando passou a ser utilizado pelo Google.

Em 2005, o Google ainda era uma empresa jovem, mas recebia milhares de currículos diariamente – o que demandava um número muito alto de recrutadores. Essa situação fez com que a empresa criasse um modelo automatizado de ranqueamento dos candidatos às vagas.

No entanto, o algoritmo não trazia os melhores resultados. Dessa maneira, o Google achou uma solução mais interessante: analisar o perfil dos colaboradores que já trabalhavam na empresa, de modo a encontrar suas características, e, assim, determinar o perfil dos funcionários do Google. Para tanto, foi preciso organizar, coletar e analisar os dados sobre esses colaboradores – o que hoje chama-se de People Analytics.

O que é o People Analytics

Entende-se por People Analytics os processos envolvidos na coleta, na organização e na análise de dados sobre colaboradores de uma empresa. Ele se desenvolveu ao lado do big data e da noção da importância do uso de dados para guiar a tomada de decisão dentro dos negócios.

O People Analytics busca compreender o comportamento dos colaboradores através da análise de dados. Essas informações podem ser coletadas com softwares específicos, como o fSense, análise de clima organizacional, alcance de metas etc.
Quais os benefícios do People Analytics
Com o People Analytics, é possível ter uma gestão de pessoas mais inteligente que não só se preocupa com a produtividade, mas com o bem-estar dos colaboradores. O resultado do seu uso é uma equipe mais unida, alinhamento às tendências do mercado, planos de carreira mais efetivos e tomadas de decisões mais assertivas.

Saiba mais sobre os benefícios do People Analytics abaixo:
Melhoria da produtividade

Para melhorar a produtividade de um time, é preciso, antes de tudo, compreender quais são as causas da baixa produtividade. Nesse aspecto, o People Analytics pode mapear a operação e encontrar onde estão os gaps que têm impedido a melhoria de resultados.

Talvez seja um software, a falta de incentivo por parte da empresa ou, até mesmo, a ociosidade da equipe – o que indica uma falha tanto na gestão quanto no processo de recrutamento. O importante é identificar esse gap e elaborar um plano de ação para corrigi-lo.
Retenção de talentos

O People Analytics permite identificar se o clima organizacional, os benefícios e o plano de carreira oferecidos pela empresa são satisfatórios para os colaboradores e, assim, contribuir para a retenção de talentos.

O Google também utilizou o People Analytics para melhorar sua retenção de talentos. Através dos dados coletados, a empresa percebeu que gestores bem-avaliados possuíam uma equipe mais disposta a permanecer na empresa.

Para encontrar os pontos em comum desses gestores, o Google realizou pesquisas, feedbacks e entrevistas. Após determinar quais eram os comportamentos chave para a boa relação com os colaboradores, a empresa os compartilhou com os demais líderes da empresa.
Tomada de decisão estratégica

Possuir informações concretas sobre a realidade da sua empresa é fundamental para tomar as melhores decisões.

Segundo uma pesquisa realizada pela Bain & Company, somente 4% das empresas são realmente boas em análise de dados. O número é pequeno, mas mostra a existência de um grupo de empresas que consegue trabalhar utilizando pessoas, ferramentas e dados corretos para a sua operação.

Por conta disso, essas empresas conseguem trabalhar com um planejamento muito mais eficiente e assertivo, tomar decisões adequadas com mais rapidez e, assim, ocupar melhores lugares no que tange ao desempenho financeiro de seu mercado.
Como implantar o People Analytics em sua empresa

O People Analytics é um processo. Aqui, você aprenderá como implantá-lo na sua empresa, mas esteja ciente de que os benefícios só começam a ser colhidos a médio prazo, após o início da análise dos dados coletados.
1. Escolha uma ferramenta de coleta

O primeiro passo para implantar o People Analytics em seu negócio é escolher um sistema de coleta de dados. O fSense é uma excelente opção, pois atua coletando as informações de uso das estações de trabalho por parte dos colaboradores.

Com o fSense, é possível saber quais são os softwares e as aplicações que estão sendo usados por seus colaboradores e quanto tempo cada membro de sua equipe passa utilizando-os. O software ainda permite a categorização desses sistemas e a identificação de tempo ocioso dos colaboradores.

O fSense também possui diversos gráficos e relatórios prontos, o que facilita a análise dos dados coletados. Para saber mais sobre o fSense, leia este artigo: “fSense: como usar e quais os principais benefícios.”
2. Comunique a equipe

Após a escolha da ferramenta, deixe a equipe ciente de que ela está sendo usada e de qual é o seu propósito. Assim, você impede desgastes no clima organizacional.

Para avisar a todos, conte com o apoio do marketing e desenvolva um plano de comunicação que foque na divulgação dos benefícios do People Analytics. Caso contrário, os colaboradores podem ter a sensação de estarem sendo vigiados sem propósito.

Por isso, deixe clara a metodologia do People Analytics.
3. Comece aos poucos

É difícil implantar o People Analytics de uma vez em toda a empresa. Por isso, pense em um setor que está tendo problemas e gaps operacionais ou um grupo de funcionários sobre o qual você quer ter mais conhecimento.

Com isso, você consegue ter um piloto que te ajuda a entender como o People Analytics funciona e a estabelecer a melhor maneira de aplicá-lo ao seu negócio.

Para um apoio nesse começo, conte com o fSense. Você pode testá-lo de maneira totalmente gratuita em até 10 estações de trabalho durante 15 dias.

Implantar People Analytics agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *