Monitoramento de improdutividade: como garantir o sucesso com o fSense

Acompanhar e mensurar a produtividade de uma equipe é uma das grandes responsabilidades de um gerente de compliance, mas algumas estratégias como o monitoramento com o fSense podem simplificar bastante essa tarefa.

Como você sabe, a gestão de pessoas é um grande desafio para as empresas contemporâneas, pois manter um grupo de funcionários motivado e trabalhando em alta performance envolve uma série de providências e ações.

O tema é tão relevante e atual que preparamos este material para que você compreenda como o fSense pode auxiliá-lo a alcançar um bom nível de produtividade em sua empresa, extraindo todo o potencial de seus colaboradores.

Quer entender melhor? Então, continue com a leitura!

Monitorar com qualidade: o segredo para o sucesso

Você consegue monitorar a produtividade de seus colaboradores? Como tem feito isso em sua empresa?

É importante iniciarmos este material com esse tipo de provocação, pois grande parte dos gestores ainda não conseguem monitorar com qualidade e apenas acompanham o problema.

De modo geral, o que queremos dizer é que monitorar é muito mais do que saber se um funcionário está produzindo ou não. Afinal, quase sempre, isso é apenas consequência de alguma falha ou problema existente.

A ideia difundida pelo fSense tem esse grande diferencial, pois tem como foco encontrar gaps de produtividade — isto é, encontrar as raízes do problema e não apenas a falha em si.

Imagine que a sua equipe esteja com uma demanda para ser entregue, mas houve um atraso na tarefa. O sistema não apenas identificou o atraso, como percebeu que determinado funcionário acessou um site de notícias diversas vezes enquanto deveria trabalhar.

Obviamente, a intenção não é gerar demissões, mas auxiliar o gestor a encontrar as fontes dos problemas de improdutividade e, dessa forma, identificar o melhor método de intervenção.

O monitoramento com o fSense e a percepção de gaps

Conforme dito, o monitoramento com o fSense é uma maneira diferenciada de gerir a produtividade de seus colaboradores. Mas, como isso funciona? Em resumo, a ferramenta consegue se integrar a algumas APIs existentes na empresa.

Para que fique mais claro, imagine que seus funcionários estão sujeitos ao ponto como registro de jornada de trabalho. Ao passar pela catraca de entrada, a API já estará interligada com o fSense e você poderá ter acesso a dados relevantes, como:

  • entrou às 8:01 na empresa;
  • às 8:03 bateu o ponto;
  • Ligou o computador às 8:23.

Observa-se que, apesar de disponível para o trabalho desde as 8:03, o funcionário só ligou o computador 20 minutos depois, relevando uma perda de produtividade.

Com o software, fica mais fácil identificar o gap e investigar as razões para o problema. Isto é, o que ele estava fazendo e qual o motivo dessa ociosidade.

Outro exemplo interessante seria o acesso reiterado a redes sociais durante o expediente. Como você sabe, o acesso ao Facebook, Instagram e WhatsApp retira o foco no trabalho e gera interrupções de produtividade. Com o fSense, você consegue mapear esses intervalos, classificá-los como improdutivos e bloquear o acesso a esses serviços.

Existem inúmeras situações que atrapalham o correto andamento do trabalho, mas é importante observar que o uso da ferramenta contribui significativamente para otimizar o tempo de atividade dos funcionários, já permite o diagnóstico e o cruzamento com o fSense Analytics para determinar a (im)produtividade de um grupo ou funcionário.

A redução de custos: uma vantagem expressiva

Reduzir custos é uma grande meta empresarial, não é mesmo? O que você talvez ainda não tenha percebido é que o fSense é uma ferramenta que contribui consideravelmente para o alcance desse objetivo.

Ao identificar gaps, demonstrar aos seus superiores em que fases do processo eles se encontram e traçar estratégias para superá-los, você acaba contribuindo para um ganho de performance de sua equipe de trabalho.

Se o gap é identificado e minimizado, o trabalho é entregue com mais rapidez e qualidade, o que otimiza o custo empresarial como um todo. Agora, se esse tipo de atuação é interessante com um funcionário, imagine o efeito positivo que gera quando analisamos uma grande equipe.

Sempre que você identifica um gap e trabalha para corrigi-lo — seja em um processo de workflow, de produtividade, de compliance ou mesmo CSC —, você tem melhores condições de traçar uma intervenção mais precisa, ganhando em produtividade e mais receita.

O trabalho home office e a manutenção da produtividade

O trabalho remoto — ou home office — é uma forme tendência para o mercado brasileiro. Atualmente, atraídas pelos benefícios que esse modelo proporciona, inúmeras empresas começam a investir nisso e a dar mais liberdade aos seus colaboradores.

No entanto, liberdade jamais deve ser confundida com falta de responsabilidade — e improdutividade. Nesse aspecto, é interessante observar que o fSense permite o monitoramento até nesse tipo de situação. Ainda que o funcionário não esteja na empresa, sua produtividade deve ser mensurada. É possível, por exemplo, saber a que horas o indivíduo ligou o computador, fez login no sistema e quando foram feitas alterações no projeto.

Via de regra, a única mudança expressiva é o local de trabalho, já que você poderá, inclusive, limitar o acesso a sites inapropriados durante o horário em que o funcionário deve estar trabalhando. Afinal, o trabalho é feito de outro local que não a empresa, mas a produtividade deve ser a mesma — ou ainda melhor.

Transparência e facilidade de manuseio

Produtividade é a palavra do momento no cotidiano de empresas que vislumbram um crescimento saudável e duradouro. Sempre que uma equipe é motivada e produtiva, a empresa obtém bons resultados e supera suas metas.

No entanto, fica sob responsabilidade dos gestores coordenar a equipe, fazendo com que ela dê sempre o seu melhor e contribua, verdadeiramente, para o sucesso do negócio. Como você sabe, isso nem sempre é tão simples. Por outro lado, há de se ressaltar que decisões inteligentes, como investir em um software de monitoramento de produtividade, pode ser o seu grande diferencial. O fSense é uma ferramenta completa e extremamente simples de ser manuseada — o que desburocratiza e simplifica o acesso aos dados e relatórios, que podem apontar as causas de improdutividade.

Estamos falando de vantagem competitiva e, sem dúvidas, transparência e facilidade são características que transformam um software em um grande aliado na luta por destaque no mercado.

Portanto, o monitoramento com o fSense é eficaz e vantajoso para a sua empresa. Seja qual for o porte ou ramo de atuação, é certo que produtividade e maior rentabilidade são alguns dos objetivos da sua companhia, e esse software pode ajudá-lo a alcançar tais metas com muito mais qualidade.

Ficou interessado e quer aproveitar todos esses benefícios em sua empresa? Não perca mais tempo e entre em contato conosco! Estamos preparados para atendê-lo!